terça-feira, 9 de outubro de 2012

O BEM MAIOR


Não existe maior bem do que fazer a felicidade de alguém.

Nem nada menos caro, nem mais fácil, pois que a felicidade é algo que se pode oferecer em gestos, e atenções.

Se olhamos à nossa volta, percebemos que a carência humana está no fato das pessoas terem perdido os valores imateriais a favor dos materiais.

Compra-se quase tudo em nossos dias...mas o bem ninguém compra.

Compra-se até companhia, mas não a sinceridade.

Compra-se conforto, mas não a paz de espírito, não a tranqüilidade,
menos ainda a felicidade.

Esta a gente oferece.

Há uma grande diferença entre o dar e o oferecer.

Quando damos, estendemos a mão, mas quando oferecemos...
é nosso coração que entregamos junto, é um pedacinho de nós que vai caminhando na direção do outro
e o bem que ele provoca retorna ao nosso interior.

Tornamos pessoas felizes quando damos de nós mesmos.

E damos de nós quando oferecemos o que quer que seja de coração escancarado.

O grande mal do mundo consiste no fato das pessoas guardarem coisas
 para si.

Guardam bens, guardam sentimentos, guardam declarações, guardam ressentimentos, falam ou calam na hora errada.

Vivem de aparências com as gavetas da alma repletas de coisas inúteis.

E quando morrem, tornam-se pó, como todo mundo, sem ter aproveitado o tempo para compartilhar, com honestidade, o bem que a vida lhes ofereceu.

A maior herança que podemos deixar à humanidade é o amor que oferecemos de várias formas, são as pequenas felicidades do dia-a-dia que vamos distribuindo aqui e acolá,
a compreensão que acalma as almas inquietas
 e a ternura que abranda os desenganos da vida.

E o que representa a felicidade hoje pode não representar amanhã.

Por isso ela é tão múltipla, tão incompreendida e tão necessária.

Por isso é tão importante distribuir sorrisos, plantar flores.....

....fazer visitas, dar bom dia e boa noite,
não se esquecer dos abraços, dos e-mail’s e dos
 te amo imprescindíveis ao coração.

Um lindo dia a todos!!!

Namastê!!



Massoterapeuta: Patricia Gutierre

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

As Emoções e sua relação com os nossos órgãos.




O Fígado:
Ele é responsável por desmoronar e armazenar e reconstruir a matéria. Se a vida de uma pessoa desmorona, e não consegue realizar a tarefa de reconstrução, começa uma sensação de estar sobrecarregada, que pode criar ódio, raiva e ressentimento. Muitas pessoas de fato estão sobrecarregadas pelas circunstâncias de suas vidas, mas o limite de cada um varia muito e claro, muitas pessoas têm diferentes neurose quando se sentem sobrecarregadas.

 “Desmoronar é uma situação diretamente relacionada ao Baço O Fígado é o grande processador das emoções, não somente da raiva." Medicina Holística Integrativa

Os Pulmões:
Eles têm duas funções: inspirar a vida e expressar ideias através da fala. Se você tiver problemas com os pulmões, uma expressão está sendo sufocada, não consegue se expressar livremente, em alguma área de sua vida.
Quando uma palavra subjuga uma criança, a criança pode se tornar muito barulhenta e sempre empurra os outros para apenas ouvir, que é um dos órgãos do corpo e sua relação com a estimulação de emoções em os pulmões, ou desistir, porque somos oprimidos e fechar nossa comunicação, e depois temos os pulmões fracos.
Geralmente, se você tem problemas pulmonares, é porque precisa ser ouvida e aprender novas formas de comunicação. Ao se sentir oprimida lembre-se que assim que se aproxima de algumas pessoas poderá sentir-se oprimida em um segundo quando se aproxima delas e você se sente oprimida, é o que eu quero dizer. Essas pessoas sugam sua energia de tal forma tão completa que a outra se sente incapaz de drenar a sua, por isso toda a redução do estresse é uma grande ajuda.
A meditação reduz o stress e se elas aprendem a fazê-lo corretamente é muito útil, mas se o fizerem apenas um curto período de tempo vai não obter o efeito desejado.

O Estômago:
É a assimilação das experiências de nossos ideais, e o que se sente e também o que acontece não se consegue digerir as coisas corretamente, então, o estômago pode adoecer, como o resultado de preocupação ele cria uma fenda entre a mente e as emoções.
Lembre-se novamente que se sente também com o que acontece, e para muitas pessoas é a verdade, muitas questões ao mesmo tempo, tudo está acontecendo intensamente e todo o tempo, sendo eles mesmos que estão criando tudo isso, como são os padrões de comportamento, então você tem que olhar.

O Pâncreas:
Isso tem a ver com o açúcar e a doçura da vida, pode ser danificada por amargura, especialmente uma mãe muito amarga, existe muitas pessoas tendo este problema.

Rim:
Envolvem emoções e são os processadores do canal de água mais importante, porque é onde é armazenado os temores resultantes dos traumas, que possam prejudicar a vitalidade dos blocos individuais a sua motivação e entusiasmo. Quando o medo é armazenado nos rins, o indivíduo se tornará incapaz de lidar com situações emocionais no futuro.

O Baço:
Mantém fracassos, desejos de morte, apatia, e se uma pessoa enfrenta mais dificuldades do que ele pode suportar, pode desistir, pode-se acreditar que ele realmente falhou e perdeu a vontade de viver, e seu desejo de viver. Os problemas de circulação e digestão, a preguiça, porque os sentimentos estão morrendo, e você tem que intelectualizar tudo, e você sente esse tipo de apatia e interiormente suporta alimentando-o. É um problema do baço.
 “Desmoronar é uma situação diretamente relacionada ao Baço. Obs. de Medicina Holística Integrativa "

As gônadas:
Eles armazenam no inconsciente, quando uma pessoa deixa a sua capacidade de lidar consigo mesmo por meio de drogas, álcool, lesões, acidentes, quando você perde o seu próprio empoderamento, energias além do nosso controle podem envolver e nos possuir.
Algumas pessoas que deixaram a vida tomar o seu próprio rumo em qualquer área, já que a natureza não gosta de um vácuo e há buracos na aura, então geralmente têm coisas que lhes são inerentes.


O Coração:
É sobre o amor, e sobre os danos ao coração devido à perda, quando você confia em alguém de uma pessoa em um, e que nos leva a temer mais perdas, bem como possessividade, ciúme, egoísmo, que é todo o dano que já sofreu o coração que está quebrado.


 A Vesícula Biliar:
Ele é o precursor de ter problemas cardíacos e está danificado pelo medo da perda, e todas as tensões resultantes de uma falta de confiança na vida.
É a ansiedade sobre o futuro e aqui está a olhar para a questão da concepção, se os pais não são bons quando você foi concebido, se a alma passou por um momento de trauma e não eram bem-vindos para a nova encarnação, e é uma grande decepção a alma no caminho que os pais vão cuidar da criança, problemas entoam na vesícula biliar.

A mama:
Eles representam o aspecto feminino de nutrientes, bem como a sexualidade e armazena os sentimentos da mulher sobre sua sexualidade e como os homens a vê.
Portanto, se há um trauma sexual, a repressão, o ressentimento em relação às expectativas de seu papel, então pode acontecer a qualquer dano.

Pernas:
Eles nos levam para frente, podemos dizer, os problemas surgem quando a pessoa não teve a coragem de dar um passo atrás. Muitas vezes é porque essas pessoas não tiveram o apoio que ele ou ela sentiu necessidade, e, em seguida, começar a ter problemas com as pernas.

Mãos:
Correspondem ao dar e receber, e o problema se desenvolve quando uma pessoa não se sente igual aos outros, e não pode encontrar o justo equilíbrio entre dar e receber. Isso tem a ver com se você usar sua força de vontade ou cessionários.
Este desequilíbrio é causado por um ego superdesenvolvido ou a falta de auto-estima.

O Pescoço:
É a parte flexível da coluna, é o equilíbrio da sua vontade com flexibilidade. A gola é uma tensão, rígida no pescoço que sente muito duro, quando mantém alguns conceitos rígidos e estes são desafiados.

Cabelo:
É governado pelo fígado para que a perda de cabelo é causada pelo apego rigidamente a raiva ou a raiva. Quando alguém impõe sua vontade aos outros, só para provar seu ponto de vista, um é trazer à tona ressentimentos do passado, ou recordar. E cabeça-dura. Eles podem ter problemas com cabelo.

Quadris:
São os pontos de equilíbrio são a energia criativa associada à criação dos filhos.
É a nossa capacidade de levantar-se e ficar por nossa conta, a flexibilidade nos quadris, está relacionada com o seu sentido de liberdade pessoal, e aqui olhamos para adolescentes, que produzem faixas de seu primeiro sentimento de separação dos pais, as expectativas, seus endereços, temos uma entidade sexual.
Se alguém se rende ao controle dos pais, como adolescentes, em vez de encontrar a nossa própria direção, em seguida, os quadris não se desenvolvem adequadamente. Assim, a deterioração dos quadris realmente decorre de uma culpa sexual, de modo que se sente culpa e ressentimento, porque nós permitimos que outros tomem decisões por conta própria, e temos manifestado a nossa força, temos também a deterioração dos quadris.

A Tiróide:
Este é o lugar onde armazenamos a raiva, o desejo de poder, atitudes rígidas quando a tireóide não funciona bem. Existe uma calcificação anormal nos ossos, e pode também desenvolver artrite e de um corpo rígido em uma mente rígida.

Timo:
O medo rege o nosso sistema imunológico o medo faz uma pessoa voltar se encolher e pode perder a integridade numa situação, e quando isso acontece, o corpo permite a entrada de vírus.
Quando você tem um vírus, você tem que olhar onde o medo entrou em sua vida, você tem que voltar a atenção a essa situação e imaginar diferente e alterá-la para ajudar a combater o vírus.

Glândulas supra-renais:
A Dor armazenada nos leva a sentimentos de ser vítimas e complexos, é lutar ou escapar? Sempre acredite que há algo lá fora, que vai capacitá-los, ajudá-los e está a persegui-los.
Quando eles não estão dispostos a suportar amorosamente a dolorosa experiência emocional, a pessoa reage como se o mundo fosse responsável por sua experiência dolorosa, e esquece que cada pessoa é responsável pela sua própria criação, da sua própria vida.

Hipófise:
As tristezas reprimidas, porque a experiência de tristeza ou dor pode ser uma porta ou portão para uma consciência mais elevada, após os julgamentos das glândulas menores são transmutadas.
Carinhosamente suportar a dor, apenas nos permite experienciar a dualidade e a reconciliação, e esta versão apenas faz parte do processo de ajuda da glândula pituitária.
A dualidade é certo e errado, bom e mau, positivo ou negativo, em todos os níveis.

A glândula pineal:
Você precisa de luz natural do dia, você precisa de entusiasmo e não é emoção suficiente em sua vida, a glândula pineal não está funcionando corretamente, então eles tem que sair na natureza, porque a natureza a fim de encontrar alguma luz natural, e que realmente vai ajudar.

Coluna:
A coluna vertebral é a sua vontade, a força de vontade, é como quando não se mantem o próprio ponto de vista diante da pressão que vem de fora, pode ter distorção escoliose, da coluna vertebral, a curva porque dobra sua força de vontade.
Quando se usa a coluna para fazer um trabalho espiritual, a nossa força de vontade está alinhada com a vontade divina, e que alguns chamam de co-criação, mas realmente é a espinha dorsal que se abre para a Kundalini, que é apenas a fêmea é na coluna e quando percebemos isso, ela está realizando.

Órgãos sexuais:
Eles estão jogando, isso, claro, é a sua capacidade de se expressar sexualmente. Pode haver uma incapacidade de receber a fêmea, se os pais queriam um filho do sexo oposto, pode estar enfrentando uma moralidade própria e está realizando uma auto-punição.

As costas:
É o que você deixa para trás, o que você quer esquecer o que está no fundo da nossa mente, a parte inferior das costas é suportado e a dor nesta parte é quando uma pessoa sofre por não ter o apoio que ele ou ela acredita que precisa para conseguir algo.

Bexiga:
A água é a livre expressão, exteriormente expressar a emoção. Se a bexiga é fraca, uma pessoa sente dificuldade em expressar sentimentos.

O Intestino Delgado:
É a fase final da digestão é o início da absorção, fornece a base para a construção e crescimento, constrói a sua personalidade, seu caráter, força de vontade, confiança, mas o mais importante de tudo é que ela reflete o estado mais importante de nossas vidas.
Então, realmente não podemos funcionar quando sofreu um grande embaraço. Esse constrangimento sofrido na infância. Eles estão muito conscientes, muito perto das pessoas, elas pensam que não estão concordando ou pensar sobre ele, mas lembre-se da escola, primeira menstruação, as crianças com quem brincavam um membro da família que fez com que se sintam envergonhados.

O Intestino Grosso:
Tem a ver com a matéria sólida e isso nos mostra se somos capazes de lidar bem com todas as questões materiais.
O intestino grosso é sobre deixar ir e liberar totalmente todas as coisas que não nos servem, e a incapacidade de deixar ir pode ser o resultado de um medo da perda. O que você irá perder se você deixar ir? É preciso olhar para trás para o momento da concepção, o que formou a atitude da personalidade dessa pessoa.


"PREVINA-SE, RECUPERE-SE, TENHA UMA VIDA SAUDÁVEL!!" 

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Somos Artes: O poder Dos Gatos Na cura das doenças (Cristina Ca...

Somos Artes: O poder Dos Gatos Na cura das doenças (Cristina Ca...: O gato é um animal que tem muito quartzo na glândula pineal , é portanto um transmutador de energia e um animal útil para cura, pois capta...

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

A Massagem nas mãos e seus benefícios:




Cada dedo é uma chave simples para destravar e harmonizar as atitudes.

Dedo polegar
Trabalha as emoções: PREOCUPAÇÃO – depressão, ódio, obsessão, ansiedade, autoproteção.
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” do estômago e baço.
Melhora a digestão de alimentos, idéias, pensamentos e emoções; ajuda a dormir melhor e nos torna receptivos ao toque e carinho.
Preocupações e ‘ruminações mentais’ desaparecem.
Ajuda estômago, baço e pâncreas.
Bloqueia uma dor de cabeça que está começando.

Dedo indicador
Trabalha as emoções: MEDO - timidez, confusão mental, depressão, perfeccionismo, crítica, frustração,
desejo de vida.
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” da bexiga e rim.
Traz coragem, fortalece o desejo de viver, harmoniza a circulação dos fluidos corporais e o sistema muscular.
Dissolve o medo e as inseguranças.
Ajuda rim e bexiga.
Evita uma dor nas costas que está iniciando.

Dedo médio
Trabalha as emoções: RAIVA – covardia, irritabilidade, indecisão, instabilidade, não alerta, emotividade.
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” da vesícula e fígado.
Expande o sentimento de compaixão, a lucidez mental, a criatividade; regula a harmonia interior do corpo.
Elimina a raiva, frustrações e irritabilidade.
Ajuda fígado e vesícula biliar.
Melhora a visão e revitaliza a fadiga geral.

Dedo anular
Trabalha as emoções: TRISTEZA (Pesar) - negatividade, formação de muco, bom senso.
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” do pulmão e intestino grosso.
Promove a alegria, a esperança, o soltar do passado e o se abrir ao novo; dá vitalidade e energia ao corpo.
Afasta a tristeza, negatividade e o pesar.
Ajuda os pulmões e o intestino grosso.
Harmoniza a respiração e desconforto no ouvido.

Dedo mínimo
Trabalha as emoções: PRETENSÃO (Cobrir, esconder) - “chorar por dentro e rir por fora”, insegurança, nervosismo, confusão, mortalidade.
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” do coração e intestino delgado.
Conecta com a intuição, aumenta a auto-estima, harmoniza o sistema esquelético.
Termina com pretensão, julgamentos, comparações e esforço.
Ajuda coração e intestino delgado.
Evita uma dor de garganta que está iniciando.

Centro da palma da mão
Traz sensação de paz profunda e de unidade com o universo.
Dissolve o desânimo.
Ajuda diafragma e fluxo do umbigo.
Harmoniza corpo, mente e espírito mutuamente e com o universo.




Referências: Jin Shin Jyutsu Brasil :: FisioFilosofia :: A Arte de Viver em Harmonia.
A Arte de Curar onde a harmonia e a saúde estão na ponta de seus dedos 3º Milênio – Um Canal para a
Expressão do Ser Arte do Cuidar: JIN SHIN JYUTSU Alguns Exercícios para Autoajuda com Jin Shin Jyutsu



sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Oração do Perdão

Olá Amigos (as) como havia prometido segue abaixo a Oração do Perdão


A partir deste momento, eu perdôo todas as pessoas que de alguma forma me ofenderam, me injuriaram, me prejudicaram ou me causaram dificuldades desnecessárias. Perdôo, sinceramente, quem me rejeitou, me odiou me abandonou, me traiu, me ridicularizou, me humilhou, me amedrontou, me iludiu.

Perdôo, especialmente, quem me provocou até que eu perdesse a paciência e reagisse violentamente, para depois me fazer sentir vergonha, remorso e culpa inadequada. Reconheço que também fui responsável pelas agressões que recebi, pois várias vezes confiei em indivíduos negativos, permiti que me fizessem de bobo e descarregassem sobre mim seu mau caráter.

Por longos anos suportei maus tratos, humilhações, perdendo tempo e energia, na tentativa inútil de conseguir um bom relacionamento com essas criaturas.

Já estou livre da necessidade compulsiva de sofrer e livre da obrigação de conviver com indivíduos e ambientes tóxicos. Iniciei agora, uma nova etapa de minha vida, em companhia de gente amiga, sadia e competente: queremos compartilhar sentimentos nobres, enquanto trabalhamos pelo progresso de todos nós.

Jamais voltarei a me queixar, falando sobre mágoas e pessoas negativas. Se por acaso pensar nelas, lembrarei que já estão perdoadas e descartadas de minha vida íntima definitivamente.

Agradeço pelas dificuldades que essas pessoas me causaram, pois isso me ajudou a evoluir, do nível humano comum ao nível espiritualizado em que estou agora.

Quando me lembrar das pessoas que me fizeram sofrer, procurarei valorizar suas boas qualidades e pedirei ao Criador que as perdoe também, evitando que elas sejam castigadas pela lei da causa e efeito, nesta vida ou em outras futuras. Dou razão a todas as pessoas que rejeitaram o meu amor e minhas boas intenções, pois reconheço que é um direito que assiste a cada um me repelir, não me corresponder e me afastar de suas vidas.

Fazer uma pausa, respirar profundamente algumas vezes, para acúmulo de energia.

Agora, sinceramente, peço perdão a todas as pessoas a quem, de alguma forma, consciente e inconscientemente, eu ofendi, injuriei, prejudiquei ou desagradei. Analisando e fazendo julgamento de tudo que realizei ao longo de toda a minha vida, vejo que o valor das minhas boas ações é suficiente para pagar todas as minhas dívidas e resgatar todas as minhas culpas, deixando um saldo positivo a meu favor.

Sinto-me em paz com minha consciência e de cabeça erguida respiro profundamente, prendo o ar e me concentro para enviar uma corrente de energia destinada ao Eu Superior. Ao relaxar, minhas sensações revelam, que este contato foi estabelecido.

Agora dirijo uma mensagem de fé ao meu Eu Superior, pedindo orientação, em ritmo acelerado, de um projeto muito importante que estou mentalizando e para o qual já estou trabalhando com dedicação e amor.

Agradeço de todo o coração, a todas as pessoas que me ajudaram e comprometo-me a retribuir trabalhando para o meu bem e do próximo, atuando como agente catalisador do entusiasmo, prosperidade e auto realização. Tudo farei em harmonia com as leis da natureza e com a permissão do nosso Criador, eterno, infinito, indescritível que eu, intuitivamente, sinto como o único poder real, atuante dentro e fora de mim.

Assim seja, assim é e assim será.

PERDOAR....
É a condição única para que possamos evoluir.
O perdão beneficia aquele que perdoar, por propiciar-lhe paz espiritual,
equilibrio emocional e lucidez mental.

Namastê...
Patricia Gutierre

terça-feira, 13 de março de 2012

Alongamentos

Exercícios podem prevenir Lesão por Esforço Repetitivo (LERs)

Grande parte dos trabalhadores brasileiros que sofrem de alguma doença causadas pelo trabalho, apresentam Lesões por esforços Repetitivo .
Um problema grave que pode ser prevenido através dos exercícios de alongamento.

O ritual do trabalho que solicita das pessoas a ação dos mesmos grupos musculares, por meses ou anos a fio, é um campo fértil para o ``nascimento'' de Lesões por Esforços Repetitivos (LERs).
Elas se caracterizam como um conjunto de afecções do aparelho locomotor, sobretudo dos membros superiores.

As LERs são decorrentes de atividades ligadas ao trabalho e que acometem músculos, fáscias musculares, vasos sangüíneos, tegumentos, tendões, ligamentos, articulações e nervos. Em bom português: nada no corpo escapa ileso ao ataque da doença.

O primeiro sinal é uma dorzinha que começa, parecendo não comprometer a produção diária.
Não demora muito para que ela se torne uma dor grande que pode estar localizada em regiões como punhos, ombros e costas, ou também latejar em pontos distantes do seu local de origem.

Para livrar-se deste incômodo, a pessoa acaba preparando uma armadilha para si: assume posturas inadequadas, retrai tendões, fica com as articulações rígidas e até contrai o rosto.

Está inaugurado um círculo vicioso detonado pela doença.

Cerca de 65% das licenças médicas solicitadas pelos trabalhadores brasileiros têm como causa algum tipo de LER. O problema é grave e pode, inclusive, levar à invalidez da parte do corpo comprometida.

Nos exercícios abaixo, conheça as possibilidades de evitar a LER.

Evite sempre alongamentos drásticos, do tipo balançar para cima e para baixo ou ir "além do seu máximo".
Respeite o limite do seu corpo!!

Exemplo de Exercícios :